Vazam áudios de briga entre DJ Ivis e Pamella Holanda; ouça

Na noite da última quinta-feira (22) começaram a circular nas redes sociais gravações em áudios de uma briga entre Dj Ivis e a ex Pamella Holanda. Em um dos registros, a influencer afirmou que preferia “sumir” do que conviver com o músico, que está preso desde o dia 14 de julho.

Durante a conversa, Pamella Holanda diz que Dj Ivis prefere valorizar dinheiro e fama e que “a vida não se resume a isso”. Em seguida, o músico responde: “Tudo o que tenho é fruto do meu trabalho e se você se jogasse daqui, com a sua filha, você seria resumida à uma mãe louca que se matou. Eu já te falei várias vezes que você pode sair e levar a Mel [filha do casal]. Deixo esse apartamento. Já fiz tudo o que podia e não deu em nada”.

Dj Ivis ainda questiona até quando terá que aguentar as “chantagens de se matar” feitas pela ex.

Ouça o Áudio:

Na última sexta-feira (16), DJ Ivis teve, pela segunda vez, o pedido de habeas corpus negado pelo presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Humberto Martins. Segundo a autoridade, a solicitação não possui todos os documentos mostrando o processo criminal que tramita na Justiça do Ceará.

De cabeça raspada, Dj Ivis está na Unidade Prisional Irmã Imelda Lima Pontes, em Aquiraz, no Ceará. O presídio é de segurança máxima. Por causa do habeas corpus negado, ele permanece sob tutela do Poder Judiciário do Ceará por tempo indeterminado.

A pena máxima por lesão corporal pode chegar a três anos, em regime aberto ou semiaberto.

Agressões

A ex do Dj IvisPamella Holanda, que filmou as agressões sofridas, afirmou em entrevista no Fantástico que os episódios eram recorrentes. Segundo a influencer, a primeira agressão aconteceu quando estava grávida. “Eu estava grávida de cinco para seis meses. Me segurou pelo pescoço e foi me arrastando do corredor até o sofá”, disse.

A situação mais grave aconteceu no início de julho, quando ela decidiu denunciar. “Desci para poder fazer o leite dela e ele [Dj Ivis] já começou a discutir. A funcionária dele também estava na hora na cozinha. Foi na hora que ele pegou uma faca na gaveta da cozinha. A funcionária dele foi e segurou braço dele”, disse.

“Eu não aguentava mais que minha filha escutasse meu choro, que me visse… Que eu não quero que ela grave a imagem de mim chorando”, disse Pamela.

Em outro momento da entrevista, Pamella Holanda comentou sobre o que vê para o futuro. “Eu fico pensando como é que vai ser a minha vida quando eu voltar a viver, porque, nesses dias, eu não estou vivendo, eu estou existindo”, disse a ex de Dj Ivis.

A arquiteta afirmou que ainda não está bem e vem recebendo até mesmo ameaças de morte desde que denunciou as agressões do ex-marido.

Pamella Holanda ainda salientou que sua mãe nunca recebeu dinheiro para não denunciar as agressões que presenciou de DJ Ivis contra sua filha, e afirmou que vai se afastar das redes sociais para cuidar da saúde mental.

Caso Dj Ivis seja condenado por lesão corporal, a pena máxima é de três anos em regime aberto ou semiaberto.

DEIXE SEU COMENTÁRIO
Compartilhe: