Rixa; Xuxa abre ação criminal contra Sikêra Jr

Xuxa Meneghel deu entrada em um processo penal contra Sikêra Jr. no Tribunal de Justiça do Amazonas. Segundo o site Notícias da TV, a apresentadora, por meio de seus quatro advogados, quer que o comunicador da RedeTV! responda na Justiça após ter chamado a loira de “pedófila” e a acusá-la de fazer apologia às drogas.

O caso aconteceu em outubro de 2020, durante o programa Alerta Nacional. No mesmo mês, Xuxa entrou com um processo no Tribunal de Justiça de São Paulo, pedindo indenização de R$ 500 mil. Segundo Meneghel, ela pretende doar a instituições de caridade. Na nova disputa, agora no Judiciário do Amazonas, a apresentadora está requisitando que o âncora pare de falar negativamente sobre ela.

Para o Notícias da TV, Ticiano Figueiredo, um dos advogados de Xuxa, disse que a ação movida em São Paulo é cível, e a de Manaus é penal.

“A questão é a mesma: ele ter chamado ela de ‘pedófila’. Ele a agrediu. Abrimos em Manaus, pois é o que se chama de competência territorial. A competência territorial para processar crimes contra a honra é no local em que a ofensa foi proferida. Abrimos mão de qualquer conciliação. O que se pede é que ele pare de fazer referência negativa sobre ela durante o programa e eventual condenação do juiz que for arbitrar. Não tem reparação de dano”, afirmou Figueiredo.

Xuxa aciona Justiça para cassar título de jornalista de Sikêra Jr.

Em novembro do ano passado, a rainha dos baixinhos entrou com ações e teria pedido que Sikêra perca o título de jornalista. De acordo com a publicação do Notícias da TV, Xuxa ainda teria pedido a demissão dele à Rede TV!, além de uma indenização de R$ 500 mil.

A ação foi protocolada na Vara Cível do Foro Regional de Santo Amaro, São Paulo. A apresentadora da Record pediu tutela de urgência ao caso, alegando que o rival oferece riscos à sociedade.

A briga entre a loira e Sikêra Jr teve início após o apresentador exibir no ‘Alerta Nacional’ um vídeo de um homem transando com uma égua e fazer graça com a situação. Xuxa se manifestou contra a ação de Sikêra, que passou a atacá-la na televisão.

O contratado da Rede TV! chamou a ex-global de pedófila, usando como argumento o fato dela ter atuado no filme ‘Amor Estranho Amor’. Depois, ele ainda a acusou de fazer apologia às drogas pelo fato de, em uma entrevista, Xuxa ter mencionado que a mãe fazia uso de maconha medicinal para amenizar sintomas de sua doença degenerativa.

Em outro ataque, Sikêra Jr afirmou que a apresentadora incentiva as crianças a “safadeza, putaria e suruba” por ter lançado o livro Maya, o Bebê Arco-Íris, que conta a história de uma garotinha que tem duas mães.

“Cuidado com teu filho, cuidado com tua filha. A mesma que fez um filme nua com uma criança de 12 anos. Ex-rainha, eu quero dizer para você que pedofilia é crime e não prescreve”, disse no dia 23 de outubro.

DEIXE SEU COMENTÁRIO
Compartilhe: