Morre, aos 58 anos, o ator Eduardo Galvão, vítima do coronavírus

ator Eduardo Galvão morreu na noite desta segunda-feira, aos 58 anos, vítima de coronavírus. Ele estava internado há mais de uma semana na UTI do Hospital Unimed Rio, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, e desde a última terça-feira precisou ser intubado por causa de complicações da doença. O ator deu entrada no hospital com cerca de 50% dos pulmões comprometidos. Seu último trabalho havia sido a novela “Bom sucesso”, na TV Globo, que deu origem a um fenômeno editorial.

Há duas semanas, Galvão havia enviado uma mensagem ao amigo Stepan Nercessian, falando sobre sua preocupação com a doença:”Muito ruim isso, cara. Se liga aí, Stepan. Sai de casa não, cara. Fica ligado aí. E o medo que dá, cara. Tu não sabe se vem coisa pior. Se vai melhorar, se não vai”.

Galvão deixa uma filha, Mariana, e uma neta, Lara, de um ano. Ainda não há informações sobre local e data do sepultamento.

Homenagens

Nas redes sociais, amigos manifestaram pesar pela notícia. “RIP meu amigo Eduardo Galvão. Mais uma vítima do descaso”, postou no Twitter o ator José de Abreu, que também prestou homenagem a Eduardo Galvão no Instagram: “O mais novo da turminha. O mais alegre, o mais engraçado, o mais saudável! Dor imensa!”.

Angélica, com quem Galvão trabalhou no programa “Caça talentos”, fez uma homenagem no Instagram: “Eu não consigo acreditar que essa doença te levou da gente . Tá muito difícil. Precisamos tanto da sua leveza , alegria, liberdade e carinho nesse mundo!! Era sempre tão bom te encontrar , você foi um presente lindo que a fada Bela me deu, uma parceria linda , mágica, Artur e fada Bela, Eu e você. Obrigada por sua amizade , por ser esse cara tão especial no meu coração e no coração de tanta gente.”

A atriz Dadá Coelho escreveu: “Meu Deus! Partiu nosso grande amigo Eduardo Galvão. Desarvorada. Emudecida. Sem chão”. Emocionado, Boninho também se despediu do amigo, numa postagem no Instagram:

“Acabo de receber a notícia que um querido amigo perdeu a luta para a covid @galvaoeduardooficial era uma doce e divertida pessoa. Pra muitos é só uma gripe, para quem perde parceiros é uma peste grave. Eu sigo com medo e com todos os cuidados. Covid mata sim”, escreveu o diretor da TV Globo.

Carreira

Em “Bom Sucesso”, o ator interpretou o Dr. Machado e contracenou com Antonio Fagundes (que acaba de lançar um livro com dicas literárias, inspirado no personagem que viveu na trama). Também na Globo, Galvão atuou no infantil “Caça Talentos”, ao lado da apresentadora Angélica, e muitas novelas, como “O Salvador da Pátria”, “A Viagem”, “O Clone”, “Despedida de Solteiro”, “Paraíso Tropical” e “Porto dos Milagres”. O ator também teve trabalhos na Record (“Apocalipse”, de 2017), na Band (“Dance Dance Dance”, de 2007), e na HBO (“Questão de Família”, de 2014, e “Magnífica 70”, 2015).

DEIXE SEU COMENTÁRIO
Compartilhe: