Irmãos do KLB herdam dívida de R$ 1,4 milhão do pai falecido, diz colunista

A banda KLB, formada pelos irmãos Kiko, Leandro e Bruno, está passando por um momento complicado. Segundo informações da colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, o pai dos cantores, Franco Scornavacca, que morreu em 2018, deixou uma dívida milionária eles no valor de R$ 1,4 milhão.

O empresário  fez um empréstimo pessoal de R$ 650 mil, em 2012, mas, não conseguiu realizar o pagamento das parcelas.

Ainda de acordo com o veículo, sem ser encontrado para a entrega da citação, o banco Santander informou a 13ª Vara Civil do Foro de Santo Amaro, em São Paulo, que havia evidências concretas de tentativa de se esquivar da Justiça.

Fernanda Soares Fialdini, juíza do caso, mandou penhorar um veículo BMW X5 e uma CB500, em nome de Franco. Houve ainda tentativa de penhora de valores das contas para garantir o pagamento da dívida, mas sem qualquer quantia disponível.

Em fevereiro deste ano, o banco e os cantores chegaram a um acordo em que os irmãos quitaram, de uma só vez, a pendência milionária por R$ 263 mil.

DEIXE SEU COMENTÁRIO
Compartilhe: