Igreja vai realizar culto de ação de graças por Marília Mendonça

A pedido da mãe de Marília Mendonça, Ruth Moreira, um culto de ação de graças será celebrado nesta quinta-feira (11), em Goiânia, capital de Goiás, onde a artista morava com a família. A cantora morreu vítima de um acidente aéreo, na última sexta-feira (5), em Caratinga (MG), quando viajava para realizar um show no município.

Diferente de outros ocupantes do avião, a cantora Marília Mendonça e seu tio, Abiceli Silveira Dias Filho, não terão missa de sétimo dia. Segundo explicou a assessoria da artista, a não realização da celebração católica é devida ao fato de que os dois eram evangélicos.

O culto desta quinta terá a participação musical da dupla sertaneja Maiara e Maraisa, amigas de Marília e que juntamente com ela faziam parte do projeto Patroas, e será dirigido pelo pastor e deputado estadual Henrique César (PSC-GO), que há poucos dias relembrou uma conversa que teve com a cantora em que ela revelou que havia entregado o coração a Deus.

– Há pouco tempo ministrando em uma igreja em Goiânia, pude conhecer a Marília Mendonça. Conversamos alguns minutos, falamos sobre projetos musicais, ela me disse que estava com o coração voltado a Deus. Que já algum tempo vinha buscando a presença de Deus, entregado seu coração a Ele e estava muito feliz e bem com isso – afirmou o líder religioso.

O ACIDENTE
Na última sexta-feira (5), o avião modelo Beechcraft King Air C90A, que levava a cantora Marília Mendonça e outras quatro pessoas, caiu ao lado de uma cachoeira em Caratinga, cidade mineira onde a cantora faria um show naquela noite. Todos os ocupantes da aeronave morreram.

O acidente ocorreu por volta das 15h, mas a morte de Marília e a das demais pessoas que estavam no avião só foram confirmadas por volta das 18h, tanto pelo Corpo de Bombeiros de MG quanto pela assessoria de imprensa da artista. Antes de informar sobre os óbitos, a equipe da cantora chegou a dizer que todas as pessoas que estavam na aeronave haviam sido resgatadas com vida.

Além de Marília Mendonça, de 26 anos, morreram na queda seu tio e assessor Abiceli Silveira Dias Filho, sem idade confirmada; o produtor Henrique Ribeiro, de 32 anos; o piloto do voo, Geraldo Martins de Medeiros Júnior, de 56; e o copiloto do voo, Tarciso Pessoa Viana, de 37.

Texto: Paulo Moura

DEIXE SEU COMENTÁRIO
Compartilhe: