Ginecologista é preso em Anápolis suspeito de abusar de pacientes em Goiás

Um médico ginecologista foi preso em Anápolis suspeito de abusar de pacientes em Goiás, DF (Distrito Federal), Pará e Paraná. Nicodemos Júnior Estanislau Morais, de 41 anos, segundo a Polícia Civil de Goiás, já tem condenação por violação sexual mediante fraude em Brasília.

A Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Anápolis chegou até o nome do ginecologista após denúncias feitas por três pacientes. Os relatos apresentados por elas são semelhantes ao descrito por uma vítima da Capital Federal.

Ele também já havia sido denunciado pelo mesmo crime no Paraná, mas o processo foi arquivado.

Ginecologista suspeito de abusar de pacientes foi alvo de mandados de busca e apreensão

Além da prisão temporária, os policiais civis da Deam de Anápolis também cumpriram mandado de busca e apreensão no endereço do ginecologista, que também atua como obstetra.

Neste momento, ele está sendo ouvido pela delegada Isabella Joy e depois será transferido para a Cadeia Pública de Anápolis.

A Deam decidiu divulgar o nome e a imagem do suspeito, com base da portaria da Polícia Civil de Goiás nº 547/2021, e Lei 13.869, por acreditar que ele tenha feito vítimas também em outras localidades, já que possui registro que o torna apto para atender em três estados e no Distrito Federal.

A reportagem do Mais Goiás não conseguiu contato com a defesa de Nicodemos Morais, mas o espaço está aberto, caso esta queira se pronunciar.

DEIXE SEU COMENTÁRIO
Compartilhe: