Com COVID-19, Gino, da dupla com Geno, tem piora no estado de saúde e utiliza ventilação mecânica

O cantor Gino, da dupla com Geno, de 75 anos, que está em tratamento da Covid-19, teve uma piora no estado de saúde e precisou ser colocado em ventilação mecânica na quinta-feira (27). A informação foi divulgada pelo empresário da dupla, Wagner Tadeu de Paula, nesta sexta-feira (28).

De acordo com Wagner, desde quinta-feira o quadro de febre do cantor aumentou. Além disso, Gino estava queixando muita falta de ar. O empresário ressaltou que apesar disso, Gino não está intubado. Segue somente em ventilação mecânica.

Gino chegou a gravar um vídeo para tranquilizar os fãs nesta quarta-feira (26). Na mensagem, o cantor disse que “não é fácil, mas dá para vencer essa doença segurando na mão de Deus”.

Internação

Gino está internado no Hospital Nove de Julho, em São Paulo, desde a segunda-feira (24). Inicialmente, o sertanejo foi internado no Hospital São João de Deus, em Divinópolis, no domingo (23), com suspeita de pneumonia.

A transferência para a capital paulista, onde foi diagnosticado com a doença, ocorreu por decisão da família. O cantor é hipertenso e já retirou um rim.

O empresário da dupla sertaneja, Wagner Tadeu de Paula, informou que o cantor já tomou as duas doses da vacina CoronaVac. Ele recebeu a segunda dose do imunizante no início de maio.

Mensagem aos fãs

No vídeo, Gino agradece as orações e diz que em breve estará curado.

Vídeo de Gino

“Estou indo, melhorando a cada dia. Obrigado por pedir a Deus por mim. Fiquem com Deus”, agradeceu o cantor.

Biografia

Sebastião Ribeiro de Almeida, o Gino, é natural de Itapecerica e tem 75 anos. Atualmente, o cantor vive em Divinópolis.

Ele é cantor da dupla Gino e Geno desde 1970, sendo que desde 2019 o parceiro na música é Mauro Gonçalves Pereira. Em mais de 50 anos de carreira, a dupla gravou 37 álbuns de estúdio e três DVDs.

Compartilhe: