Belo é preso no Rio de Janeiro por show durante a pandemia

O cantor Marcelo Pires Vieira, mais conhecido como ‘Belo’ foi preso nesta quarta-feira (17) pela Polícia Civil (PC) do Rio de Janeiro. O artista está sendo investigado pela Delegacia de Combate às Drogas (DCOD), por causa da realização de um show no Complexo da Maré, Zona Norte do Rio, contrariando as proibições devido à pandemia.

Belo foi preso em Angra dos Reis. O cantor realizou o show no último dia 13, em uma escola municipal. Como o evento não teve autorização da Secretaria Municipal de Saúde, a PC também investiga a possível invasão ao colégio.

Além do mandado contra Belo, a DCOD cumpriu nesta quarta outros três mandados de prisão preventiva e cinco de busca e apreensão. Um dos mandados foi cumprido na sede da empresa que organizou o evento, a produtora Série Gold.

Os outros mandados de prisão preventiva são contra: Célio Caetano, sócio da Série Gold; Henriques Marques, sócio da produtora e Jorge Luiz Moura Barbosa, chefe do tráfico no Parque União.

Na época da abertura da investigação, Belo disse ao G1 que fez o show seguindo todos os protocolos.

“Não temos controle do geral. Isso nem os governantes têm. As praias estão lotadas, transportes públicos, e só quem sofre as consequências são os artistas. Até agora não temos apoio de ninguém sobre a nossa retomada. Sustentamos mais de 50 famílias”.

Segundo a PC, todas as pessoas envolvidas no show serão ouvidas. Belo terá que esclarecer para a Polícia Civil quem pagou o cachê do show.

Compartilhe: